Separate ways.

Cadê você na minha vida? Cadê os nossos planos sendo concretizados? Cadê aquele ânimo de quando tudo havia começado? Cadê você?

X: Vai me encontrar onde?

Y: Não vou te encontrar hoje.

X: Mas já faz tempo que não nos vemos.

Y: Eu sei.

X: Te vejo até em lugares que não existem.

Y: Louca…

X: …Por ti.

Y: Deixei meu maço de cigarros  na tua casa?

X: É, o acaso me deixou tão só…

Y: O quê?

X: Nada, não deixou nada aqui. Não tem nada teu.

Y: Tem tu, tu é minha.

X: Não quero ser tua hoje, não mais.

Y: Mas tu sempre fala que é minha.

X: Eu sei. Resolvi mudar, essa noite me pouparei um pouco das inúmeras doses de ingratidão que recebo de ti.

Y: Não entendo.

X: Na hora de assumir teus erros tu nunca entende, até mais.

Y: Onde tu vai, guria?

X: Tenho tanto pra viver, e essa noite acabou de começar. Terei uma ÓTIMA e RENOVADA vida de solteira! E sabe qual é o melhor? Não preciso da tua companhia para isso, durma bem com teus queridos cigarros, guri.

Quando cheguei em casa havia me arrependido do que tinha feito, mas tenho um BAITA orgulho e APRECIO muito uma boa vingança, portanto, dormi melhor do que NUNCA.

 

“Eu vou te esquecer, nem que for… Só por uma noite.”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: